Menu Content/Inhalt
Início arrow Mensagens arrow História do Vaqueiro
História do Vaqueiro PDF Print E-mail

Em uma pequena capela do interior onde era celebrada missa anualmente, um padre recém ordenado foi designado para celebrar sua primeira missa.Chegou a capela, encontrou-a toda empoeirada. Tirou a batina, arregaçou as mangas, abriu portas e janelas e começou a limpeza.Após muito trabalho, deixou tudo limpo e arrumado para o momento da celebração. Entusiasmado, vestiu os paramentos todos impecável e dirigiu-se à porta da capela para receber os fiéis.Aproximando-se da hora da celebração começou a ficar preocupado pois não chegava ninguém. Finalmente passado quinze minutos do horário previsto chegou um homem. Como não chegara mais ninguém o padre perguntou ao senhor o que devia fazer.Ele lhe respondeu: - Seu padre, sou apenas um vaqueiro não entendo nada de missa, sei apenas alimentar vacas, mas se eu fosse alimentar vacas e aparecesse apenas uma eu seria um bobo se não desse de comer a ela.O padre, tomou como lição e celebrou a missa, pregando um longo sermão. Após a celebração perguntou novamente ao homem o que achou do sermão?O homem respondeu: - Seu padre, sou apenas um vaqueiro não entendo nada de sermões, sei apenas alimentar vacas, mas se eu fosse alimentar vacas e aparecesse apenas uma, eu seria um tolo se desse toda a comida para ela. 

“Na vida, por vezes desperdiçamos muitos talentos, por não sabermos dosar as capacidades individuais de cada pessoa. Devemos aprender a respeitar seus limites e disponibilidades, para que num esforço comum ocorra o pleno desenvolvimento de cada um."
                                                                                                                    (Luiz Antonio Hamester)