Menu Content/Inhalt
Início arrow Dicas da Nutricionista arrow CAFÉ . QUALIDADE E SABOR
CAFÉ . QUALIDADE E SABOR PDF Print E-mail

CAFÉ . QUALIDADE E SABOR 

          Qualidade e sabor do seu cafezinho dependem diretamente do tipo de torra e moagem a que o grão é submetido. Grãos mais claros são mais ácidos, têm aroma suave e são menos amargos. Já um mais escuro, torna-se menos ácido com sabor mais amargo. A moagem influencia no uso do pó para cada tipo de café a ser produzido.

          O café árabe, por exemplo, não é coado e os grãos se depositam no fundo da xícara. Isso exige um grão pulverizado. Os grãos que ficam finos são ideais para os filtros de papel e coador de pano, geralmente utilizados em casa. Já um grão medianamente moído é usado para a produção de café expresso e, a moagem mais grossa, em cafeteira italiana.

          Para você ter certeza que está degustando o melhor café é preciso observar algumas características fundamentais e que determinam a nobreza do líquido. Um dos pontos fortes do café é sua fragrância, que deve ser fresca e intensa para revelar a qualidade da amostra.

          O aroma é outro quesito para determinar sua qualidade, representa a percepção olfativa da bebida ainda quente e, na torração clara, exala odor de nozes, amêndoas, castanhas frescas, cereais, malte ou pão torrado. Já a torração média clara, lembra ao odor de caramelo, e, o café de torração média, lembra o odor de chocolate. Os cafés feitos com grãos de torração escura têm fragrância que lembra resina, remédio, especiarias, queimado e cinzas.

          O raio-x também é feito de acordo com a acidez da bebida. O gostinho ácido é sentido pela presença de clorogênico, cítrico, málico e tartárico e é comum num tipo de café denominado arábico. Já o amargor deve ser moderado e pode ser sentido no fundo da língua. Os grãos mais torrados deixam o café mais amargo, assim como os de moagem mais fina. O pretinho também deve ter um toque de oleosidade, o corpo, mas, ao final, deve deixar sensação adstringente na boca. E quem acha que o café é cheio de sabores, está certo. Em uma xícara você pode experimentar doce, salgado, amargo e ácido.