Menu Content/Inhalt
Início arrow Curiosidades arrow CAFÉ, SEUS GRÃOS E VARIEDADES
CAFÉ, SEUS GRÃOS E VARIEDADES PDF Print E-mail

CAFÉ, SEUS GRÃOS E VARIEDADES 

          A planta de café tem origem africana, vem das rubiáceas e conta com mais de 500 gêneros e cerca de 6.000 espécies de árvores tropicais e arbustos. O café envolve uma grande família que começa a partir de pequenos arbustos até chegar a árvores de 10 m de altura. As folhas são na cor púrpura, amarela ou verde, sendo esta última a mais comum. As mais importantes espécies de café são 25, porém as principais e mais conhecidas são a arábica e a robusta.

          A arábica representa aproximadamente 70% da produção mundial de café. Esta planta é geralmente um arbusto grande e verde escuro, com as folhas ovaladas, e pode alcançar mais de 9 metros de altura. Os frutos são redondos, suaves, levemente ácidos, cor achocolatada, de casca lisa e intenso perfume. Depois do cultivo, as árvores da arábica tardam a amadurecer - entre 3 ou 4 anos - quando produzem sua primeira colheita, e a planta pode continuar produzindo frutos por 20 a 30 anos.

          Requerem condições climáticas específicas para crescer e, por conseguinte, seu cultivo é mais delicado. Necessitam de muita água e luz solar e não toleram o gelo, sendo por isso que hoje seu cultivo é feito em países tropicais e subtropicais, cercando a linha do Equador.

          O conteúdo de cafeína do grão é relativamente baixo (entre 0,9% a 1,5%). A espécie robusta pode crescer até 32 pés de altura como arbusto ou árvore. Os grãos são também redondos, porém menos perfumados, picantes e demoram cerca de um ano para amadurecer. A espécie robusta cresce no Ocidente e África Central, no sudeste da Ásia e algumas partes da América do Sul, incluindo o Brasil. As árvores produzem sua primeira colheita em 3 a 4 anos depois de serem plantadas, e seguem sendo férteis durante 20 a 30 anos. A árvore cresce em grandes extensões de terra imersas em bosque. O conteúdo da cafeína do grão é muito superior (entre 2% a 4.5%) em comparação ao grão arábica.