Menu Content/Inhalt
Início arrow Dicas da Nutricionista arrow DIMINUINDO OS RESÍDUOS DE AGROTÓXICOS EM SUA ALIMENTAÇÃO
DIMINUINDO OS RESÍDUOS DE AGROTÓXICOS EM SUA ALIMENTAÇÃO PDF Print E-mail
Diminuindo os resíduos de agrotóxicos em sua alimentação 1 – Lave legumes, verduras e frutas numa solução suave e detergente e água pura ou em mistura de água e vinagre. Deixe-os de molho de 15 a 20 minutos e enxague-os cuidadosamente. 2 – Em alguns casos, frutas e legumes podem receber uma camada de cera para que não percam a umidade e murchem. Esta cera também contém fungicidas para evitar o aparecimento de bactérias. Ex. maçãs, pimentões, beringelas, grapefruits, melões, nectarinas, pêssegos, etc. Para elimina-la, sempre que possível, descasque legumes e frutas. Você perderá algumas vitaminas contidas na casca, mas em compensação terá uma alimentação mais segura. 3 – Procure usar sempre legumes, verduras e frutas da safra, pois possuirão menos defensivos e hormônios. 4 – Legumes muito grandes, produzidos convencionalmente, podem ser resultado de adubação e estimulantes artificiais. 5 – Dê preferência aos produtos nacionais, ao invés dos importados. Frutas e legumes produzidos localmente não requerem tantos pesticidas como aqueles que percorrem longas distâncias e são armazenados por longos períodos de tempo. 6 – Resíduos de pesticidas e outros produtos químicos tendem a se concentrar nos tecidos gordurosos dos animais. Diminuir seu consumo reduz a ingestão de agrotóxicos. Ao preparar qualquer vaca, carne, frango, porco, etc. procure retirar toda a gordura e pele. Escolha laticínios com baixo teor de gordura, prefira leite desnatado e queijos magros. 7 – No Brasil, dentre os produtos agrícolas que mais recebem agrotóxicos, destacam-se o tomate, a batata inglesa, o morango e o mamão papaia. No caso da produção de uva Rubi e Itália, em São Paulo, são feitas até 40 aplicações de produtos químicos, da brotação até a colheita. 8 – Os consumidores não devem parar de consumir frutas ou verduras; estas informações se destinam a levar maior conhecimento do que ocorre na produção de hortigranjeira e dar-lhe uma visão mais crítica ao escolher o que vai a sua mesa.  Bibliografia:
  • ADDITIVE ALERT – What have they done to our food? – Prepared by Plution Probe
  • PRODUÇÃO ORGÂNICA DE ALIMENTAÇÃO NATURAL – Adilson D. Paschoal
  • GUIA PRATICO DE ALIMENTAÇÃO NATURAL – Dr. Márcio Bontempo
REVISTA AGRICULTURA BIODINÂMICA – Artigo: Os venenos e o respeito pela vida – pg. 22 Primavera 97